Connect with us

Homem leva 4 tiros após beijo em outro Rapaz dentro de bar; Suspeito perguntou se ele não tinha vergonha

Notícias

Homem leva 4 tiros após beijo em outro Rapaz dentro de bar; Suspeito perguntou se ele não tinha vergonha

Caso ocorreu na cidade de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. Vítima foi levada para o Hospital Geral, onde segue internado e passa bem.

Um homem de 33 anos foi agredido e baleado após trocar carinhos e beijar a boca de outro homem, em um bar da cidade de Camaçari, na região metropolitana de Salvador.

De acordo com a delegada Thais Siqueira, titular do município, a vítima contou que antes do ataque começar foi questionada “se não tinha vergonha de fazer isso na frente de pais de família”.

“Ele conta que estava com um ‘ficante’ no bar, trocando carícias normais de casais, e chegou a ter um beijo, um selinho. Foi quando uma pessoa se aproximou e perguntou. Ele levantou para se explicar e começou a ser agredido por várias pessoas”, relata a delegada.

O crime ocorreu na noite do último domingo (20). Um grupo de homens que estava no bar é suspeito do ataque, contudo os envolvidos ainda não foram localizados.

Vítima de homofobia, Marcelo Macedo foi agredido e baleado em um bar na Bahia  — Foto: Reprodução/Instagram
Vítima de homofobia, Marcelo Macedo foi agredido e baleado em um bar na Bahia — Foto: Reprodução/Instagram

A vítima foi identificada como Marcelo Macedo. O homem foi baleado quatro vezes. Segundo a delegada, um dos tiros atingiu um dos braços da vítima e outros três o abdômen.

Após o ataque, os suspeitos fugiram do local do crime, e Marcelo foi levado para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), onde segue internado nesta terça-feira (22). Segundo familiares, eles passa bem.

A autoria do crime está sob investigação. De acordo com a delegada Thais Siqueira, câmeras de segurança do bar foram solicitadas e testemunhas serão ouvidas nos próximos dias para esclarecer o caso.

“É um absurdo a gente estar convivendo no país com crimes desse tipo”, relatou a delegada.

Vítima de homofobia, Marcelo Macedo foi agredido e baleado em um bar na Bahia — Foto: Reprodução/Instagram

Fonte: G1

O filho da puta homofóbico é tão corajoso que fugiu ao invés de ficar no lugar e ir pra cadeia. Cade o Machão que assume seus atos? Covarde!

Certeza que deve ser um mal resolvido pra fiscalizar o relacionamento dos outros. Pq o Gore ao invés de ficar fiscalizando gays não tá atrás de mulher? Deve ser tão Gore que nenhuma se interessa pelo nojento.

Tomarem que achem pra que esse infeliz sofra na cadeia! E vai ser bastante irônico, pois na cadeia os novatos que são obrigados a serem passivos pros veteranos (pois os estupradores eles não colocam a mão, só metem o cabo da vassoura). Se ele deu tiro por causa de um beijo gay, vai ser obrigado a ser passivo na cadeia pra não morrer lá dentro.

.

.

.

.

Comments

More in Notícias

Facebook

Populares

Tags

To Top