Connect with us

Arábia Saudita rotula feminismo, ateísmo e homossexualidade como ‘extremismo’

Notícias

Arábia Saudita rotula feminismo, ateísmo e homossexualidade como ‘extremismo’

Apesar de reino ultraconservador querer passar imagem de tolerante, vídeo promocional publicado em conta oficial classifica movimento de mulheres, homossexualidade e ateísmo como ‘ideias radicais’ e inaceitáveis.

Mulheres entram em estádio em Riad, na capital da Arábia Saudita, em imagem de 23 de setembro de 2017 — Foto: Fayez Nureldine / AFP

Um vídeo promocional da Arábia Saudita publicado pela agência de segurança estatal classificou o feminismo, a homossexualidade e o ateísmo como “ideias extremistas”. A publicação foi postada no final de semana numa conta oficial do reino ultraconservador.

“Não se esqueça de que o excesso de qualquer coisa à custa da pátria é considerado extremismo”, ressaltou o vídeo. A publicação afirmou ainda que “todas as formas de extremismo e perversão inaceitáveis”.

O vídeo foi publicado em meio à tentativa do governo de atrair investimentos estrangeiros para transformar a economia do país, dependente de petróleo. Para isso, o príncipe herdeiro Mohammed bin Salman lançou medidas para abrir a sociedade, começou a emitir vistos para turistas e pretende promover no exterior a imagem de um país mais tolerante.

A legislação saudita prevê a pena de prisão para a participação em grupos considerados extremistas pelo governo. A homossexualidade e o ateísmo também são ilegais e puníveis com pena de morte no reino ultraconservador.

Fonte: G1

Mas viver fazendo Guerra, estourando bombas, matando milhares, chicoteando quem faz algo diferente…

Isso não é extremismo, não é mesmo?

.

.

Comments

More in Notícias

Facebook

Populares

Tags

To Top