Siga-nos

Duas Drags de ‘Pega Pega’, são um Casal na vida real

Notícias

Duas Drags de ‘Pega Pega’, são um Casal na vida real

Da esquerda para direita, as drags em “Pega pega” Yan Chi, Gabriel Sanches, Nando Brandão e Alessandro Brandão

No meio das confusões de “Pega pega”, o núcleo das quatro drag queens tem chamado atenção do público por mostrar a realidade além dos brilhos. A vida comum e cotidiana, com risos e choros, vem à tona da mesma maneira que acontece com os demais personagens. Neste ensaio proposto pela Canal Extra, Yan Chi, de 29 anos; Nando Brandão, de 31; Gabriel Sanches, de 29; e Alessandro Brandão, de 44 — os dois últimos são um casal há dez anos —, remontam um ritual que acontece para além da novela e falam sobre respeito e amor.

— Esse não é um trabalho de polêmica, mas de inclusão — argumenta Gabriel, que, ao lado do marido, forma a dupla drag Sara e Nina na vida real.

Da esquerda para direita, os atores de

Na trama das sete, ele é Flávio, sócio da boate Klub Strass, e interpreta Rúbia nos palcos:

— Nessa expressão artística, eu encontrei um local de fala.

Com exceção de Nando, que não trabalha como drag e não sabe se maquiar, os demais alegam que a figura artística é uma “extensão” das pessoas deles.

— Para assumir esse estilo de vida, é preciso segurança. O preconceito existe, mas não vou deixar de fazer o que quero — afirma Yan, a Georgey da novela das sete.

Expressão: ‘Androginia ajuda’

Yan Chi

Yan Chi é carioca e filho de uma brasileira com um chinês. Formado em Relações Internacionais, ele já morou na China e é fluente em inglês, mandarim e francês. Desde a infância, o mais velho de três irmãos deu sinais de que viveria no universo das artes.

— Comecei a me montar há dez anos. Na época, era uma expressão pessoal. Hoje é minha profissão — explica ele, que acrescenta: — Minha androginia ajuda porque eu passo como mulher facilmente. Minha família nunca se preocupou com meu estilo. Eles queriam saber se minhas notas na escola eram boas. Isso que era importante!

Desafio: ‘A drag é um soldado’

Gabriel Sanches

Gabriel Sanches começou a carreira no Distrito Federal, onde nasceu. É formado em Teatro, Literatura e Cinema. Em 2014, incorporou Sara a sua personalidade. Com Nina (a drag do marido, Alessandro), percorre palcos cantando, encantando e provocando.

— Foi dessa maneira que meu discurso se encontrou com o dele. Artisticamente, sempre tive o ímpeto de querer transformar — diz Gabriel: — A drag é um soldado que está no front pelos direitos dos LGBTs há muitos anos. Colocar figuras como essas tendo autonomia e igualdade de convivência numa novela é incrível. Essa inclusão nos interessa. Eu me orgulho de fazer parte de um produto como esse na TV.

Mudança radical: ‘Era pobre e hétero na TV’

Nando Brandão

Com 1,90m de altura, o carioca Nando Brandão, a Kika da trama, é formado em Teatro e se montou pela primeira vez há três anos, numa brincadeira para o aniversário de uma amiga. Ali, nasceu Sophi da Pu, que renasce pontualmente.

— Virei um fenômeno na festa. Com o salto, fiquei gigante! Minha feminilidade veio para fora. Eu fazia muitas participações na TV como bandido, pobre e hétero machão… Já estava desacreditado. Queria sair desse perfil, e a novela me deu fôlego! — entrega ele, o único que não trabalha como drag na vida real: — Ajudei Eriberto Leão a compor Samuel, que é um gay enrustido em “O outro lado do paraíso”.

Provocações: ‘Nina é uma arma’

Alessandro Brandão

Formado em canto erudito, balé clássico e Artes Cênicas, o brasiliense Alessandro Brandão, que interpreta Rouge na novela, é também diretor de teatro e começou a carreira em sua cidade natal.

— A drag é a extensão da minha personalidade. Já ser ator é o meu trabalho. A TV lida muito com estereótipos. No palco, eu me desafio. Por isso, Nina é uma arma apontada contra a sociedade, é um desconforto, é dramática. É muito mais potente assistir ao show de Sara e Nina do que uma apresentação de Alessandro — opina: — Na novela, não levamos nossas drags para a história. Ali, interpretamos as personagens da autora (Claudia Souto).

Yan Chi, Alessandro Brandão, Gabriel Sanches e Nando Brandão

Fonte: Extra

Comentários

Mais sobre Notícias

Facebook

Populares

Tags

UA-92644359-1
Topo